Conheça melhor os seguros que irão proteger a sua PME

Adquirir um patrimônio nunca foi coisa fácil, mas vamos combinar que, de uns tempos para cá, esse objetivo parece que está cada vez mais difícil. Imagine se, por algum imprevisto, você tiver que repor esse bem? É por isso que, hoje, vamos falar sobre os seguros disponíveis para proteger as pequenas e médias empresas (PMEs).

Os diversos riscos que as empresas estão sujeitas preocupam muito os donos de empresas de diversos portes. Por isso, os pequenos e médios empresários encontram nas apólices de seguros uma ferramenta importante para a transferência de riscos e, dessa forma, podem proteger seu patrimônio.

Com uma ou mais apólices de seguros criteriosamente elaboradas por um profissional especializado – de acordo com as necessidades da empresa -, as incertezas e os riscos deixam de ser sua maior preocupação, porque sua empresa estará protegida dos principais riscos para seu patrimônio e para sua operação. Entenda como isso funciona.

Seguros para PMEs

Durante os últimos anos, o Brasil vem registrando um aumento considerável de pequenas e médias empresas (PMEs), tendo em vista o estímulo ao empreendedorismo e a vontade de continuar a exercer um negócio próprio.

Diante desse cenário, o setor de seguros possui algumas opções de seguros que atendem as diferentes necessidades dos empreendedores.

Na hora de contratar um seguro, é fundamental ter o apoio de uma corretora de seguros que tenha experiência e conhecimento no ramo específico, de acordo com o que você precisa .

A Long Life, por exemplo, é uma corretora de seguros especializada em atender PMEs e tem profissionais habilitados e especializados para atender diversos segmentos diferentes. Ela auxilia tanto na identificação dos riscos quanto na contratação da sua apólice de seguro, propriamente dita. Além disso, está presente durante todo o período vigência da apólice, cuidando de tudo o que for necessário de acordo com cada segmento.

Seguros mais procurados pelas PMEs

Quando falamos de seguros, é importante lembrar que, em cada um, existem as coberturas básicas e obrigatórias, e também as adicionais que, embora sejam facultativas, podem ajudar a proteger a sua empresa de alguns riscos específicos.

Veja quais são os principais ramos disponíveis para as PMEs e entenda como as coberturas podem te ajudar na gestão do seu negócio.

Imóveis

Os seguros patrimoniais para imóveis, sejam eles residenciais ou comerciais, são sempre muito importantes.

A cobertura básica dos seguros patrimoniais é composta por proteção contra incêndio, queda de raio e explosão. Ou seja, se, por acaso, a fiação do seu imóvel sofrer um curto-circuito e seu imóvel pegar fogo, seu patrimônio estará amparado pelas coberturas básicas do seguro.

No entanto, além da cobertura básica, diversas coberturas adicionais podem ser incluídas nesta modalidade, como cobertura para o conteúdo do imóvel, danos elétricos, roubo, furto e outras. Em caso de sinistro, esse conjunto de seguros cobrirá tanto a estrutura do imóvel quanto os bens que estão dentro dele e que tenham sido danificados ou extraídos por roubo ou furto.

Equipamentos portáteis

Atualmente, estamos cada vez mais conectados. A maior disponibilidade de sinal Wi-Fi e de dispositivos móveis, como smartphones, tablets, câmeras, notebooks e netbooks, é o que mais contribui para tal cenário.

Por isso, o seguro de equipamentos portáteis ganha mais espaço na hora de pensar nos riscos.

Esse seguro visa cobrir prejuízos em decorrência de roubos e furtos qualificados, podendo ainda incluir uma cobertura adicional de danos elétricos, caso você tenha algum problema enquanto o equipamento está carregando a bateria, por exemplo.

Seguro de Carga/Transportes

Esse seguro é muito importante, pois ele tem como objetivo assegurar a carga durante todo o transporte ou trajeto de um ponto A até o ponto B, oferecendo, inclusive, cobertura para as operações de carga, descarga, transferência e transbordo e também por um período em que a mercadoria estiver no armazém de embarque e desembarque.

Quando falamos de seguro de transportes, é importante você saber que existem dois públicos: um voltado para embarcadores (comprador/destinatário); e o de responsabilidade civil (RCTRC), voltado para os transportadores. Porém os dois têm o mesmo objetivo: proteger a carga de acidentes, roubos ou outras responsabilidades que possam ocorrer em consequência de um acidente, como risco ambiental e limpeza de rodovia.

Responsabilidade Civil

Como os consumidores estão cada vez mais atentos aos seus direitos, as ações judiciais contra os prestadores de serviços estão aumentando. Em consequência, muitas empresas estão procurando contratar uma apólice de Responsabilidade civil em favor de seus clientes.

Hoje, no mundo dos negócios, é muito comum ouvir as expressões E&O e D&O. Você sabe o que essas siglas significam?

E&O é um seguro de responsabilidade civil (RC) profissional para os profissionais liberais que visa cobrir danos contra terceiros, em caso de erros e omissões.

Dessa forma, diversas empresas de prestação de serviços estão contratando essa apólice para dar uma proteção maior aos seus clientes e também valorizar o seu trabalho.

O seguro D&O também é um seguro de responsabilidade civil (RC) que, normalmente, é contratado por diretores estatutários, conselheiros e administradores.

Ele é acionado caso esses profissionais tomem alguma ação que cause algum tipo de prejuízo para a empresa que trabalham. O seguro vai ressarcir a empresa prejudicada.

Vida e família

A nossa família, seguramente, é o nosso maior patrimônio e nossa maior preocupação. Por isso, sempre temos a preocupação de protegê-los.

Muitas pequenas e médias empresas (PMEs) estão contratando os seguros e planos de saúde, bem como o seguro de vida para proteger seus colaboradores.

Isso tem se convertido em excelentes resultados para as empresas, pois deixam os funcionários mais tranquilos e focados no trabalho, aumentando a sua produtividade e a retenção dos bons profissionais que trabalham nessas empresas.

A previdência privada é outra ferramenta muito importante que pode auxiliar na gestão da sua empresa, auxiliando na retenção de talentos, por ajudar os colaboradores a planejar e proteger sua saúde financeira. Existem dois tipos de previdência privada: o VGBL e o PGBL, e ambos têm o mesmo objetivo: proteger o futuro financeiro das famílias.

O seguro prestamista é fundamental para empresas que dão créditos a seus clientes. Vamos imaginar que sua empresa faça vendas com financiamento próprio, como é comum no segmento de imóveis por exemplo. Quem te garante que você receberá o saldo restante caso seu cliente venha a falecer?

Se você fizer o seguro prestamista, e seu cliente falecer, a seguradora vai quitar esse saldo restante, para que você não tenha prejuízos e aborrecimentos. Com relação ao custo, sua empresa poderá repassá-lo ao cliente, ou seja, a sua empresa ficará protegida sem aumentar os seus custos.

Veículos

Todo mundo sabe que o carro é a grande paixão nacional. Ele se torna ainda mais querido quando se torna imprescindível em nossa rotina diária, seja por trabalho ou lazer.

Ao contrário do que muita gente pensa, o seguro do veículo não fica restrito apenas ao risco do prejuízo material (casco). Existem riscos bem maiores que esse, que são a sua responsabilidade junto a terceiros, caso você seja responsável por algum acidente de trânsito.

Em suma, as cobertas de responsabilidade civil (RC) são até mais importantes que a de casco já que, se você for o responsável pelo acidente, você terá que reparar tanto o seu próprio carro quanto o prejuízo de terceiros, seja ele material ou pessoal.

É aí que mora o perigo: após um acidente ou imprevisto com seu carro, é impossível você saber qual é o valor que você terá que pagar com despesas de tratamentos médicos e hospitalares.

Muitas pequenas e médias empresas têm contratado o seguro dos seus veículos incluindo todos em um seguro de frota, que pode incluir também os veículos pessoais dos sócios. Além de conseguir uma redução de custo, a gestão do seguro se torna mais simples, desde que administrado por um corretor capacitado para isso.

Agora que você já aprendeu sobre diferentes ramos do seguro, certamente percebeu que o seguro é indispensável para a sua PME independentemente do seu ramo de atividade, seja comércio, indústria ou prestação de serviços.

Mais que isso, você também aprendeu que seguro é um investimento que vale a pena, pois trará segurança financeira para o seu negócio e a proteção necessária para seu patrimônio.

Quer saber mais sobre seguro e como ele pode proteger a sua empresa e sua operação? Acompanhe nossos conteúdos sobre seguro PME.

Compartilhar

Confira também: