Saiba a diferença entre intolerância e alergia alimentar.

Apesar dos sintomas confundirem, intolerância e alergia alimentar tem origens diferentes. Mas com o suporte médico há a possibilidade de driblá-las.

 

Alergia alimentar

Alergia alimentar é uma reação adversa a determinado alimento. Mas o que é reação adversa? É qualquer reação indesejável que ocorre após a ingestão de alimentos ou aditivos alimentares.

Estas podem ser classificadas em reações tóxicas e não-tóxicas. As não-tóxicas podem ser de intolerância ou hipersensibilidade.

O problema normalmente surge na infância, e o bom é que até os 5 anos a criança está em fase de construção do sistema imunológico e pode fazer com que a alergia suma.

Mas se persistir na fase adulta ou aparecer de vez em quando nessa fase, quer dizer que irá acompanhá-lo por toda vida.
Atualmente o tratamento é feito através da imunoterapia que consiste em administrar o extrato do alimento rejeitado em doses crescentes para induzir uma tolerância. Mas este método só pode ser realizado em hospitais, já que causa efeitos colaterais.

Intolerância

A intolerância é diferente da alergia alimentar pois sua causa é a carência de uma enzima que processa certo nutriente. Vamos colocar a lactose como exemplo: a lactose não é digerida, atraindo água para o intestino e propiciando diarréia.
Os efeitos da intolerância chegam a demorar horas ou até dias para se manifestar e ficam quase restritos ao aparelho digestivo, causando dor de barriga, gases e enjoos.

Os causadores de alergia e intolerância

Alergia:

 Peixes e frutos do mar
 Trigo
 Soja
 Amendoim
 Ovo
 Castanhas – leite e seus derivados
 Gergelim

Intolerância:

 Banana
 Frutas cítricas
 Carnes processadas
 Repolho
 Vinho tinto
 Produtos com corantes

Fonte: Asbai.org e Saúde Abril
Compartilhar

Confira também: